A Nova Zelandia “NÃO” aceita animais vindos do Brasil

Pois é… Me deparei com essa informação que faria eu desistir de viajar, justamente no dia em que eu não podia mais desistir. Vou contar desde o começo…

IMG_20141028_160037Como já falei antes, e pra quem não conhece a gente, nós somos pais de uma cachorrinha lindaa da raça maltes, chamada Yasmin. E também mencionei que eu (Fernanda) era dona da Pink Bella, uma loja de calçados e moda feminina.

Desde quando surgiu a ideia de ir embora do Brasil, nosso objetivo sempre foi de levar a Yasmin com a gente para Nova Zelândia. Até ai, ok! Não se preocupamos muito com esse assunto, pois acompanhavamos blogs de pessoas que viajam o mundo com seus pets sem problemas.

Quando decidimos ir embora, nosso primeiro passo, foi colocar a loja a venda. E isso era fundamental para a viagem. Se não conseguisse vender a loja, não iria conseguir ir embora, pois na minha situação, era inviável deixar alguém administrando.

A essa altura do campeonato, já estavamos bem familiarizamos com a Nova Zelândia e com muitas expectativas sobre esse pais. Tinhamos milhares de dúvidas, (ainda temos várias) e todos os dias nos dedicavamos a fazer muitas pesquisas sobre o tudo que envolvia o assunto.

E numa quarta-feira de abril, a alguns minutos antes da nova proprietária visitar a loja pela primeira vez, eu me deparei com uma matéria falando que a Nova Zelândia e a Austrália não aceitam animais vindos do Brasil, pois o nosso pais ainda não está livre da doença raiva.

Lembro que senti meu rosto pegando fogo e meus olhos encheram de lagrimas só de pensar na possibilidade de ir embora e não poder levar a minha princesinha.

Liguei aos prantos pro Léo, contando a péssima noticia e avisei que não iriamos mais para Nova Zelândia. Ele também ficou preocupado e pediu pra mim me acalmar.

E como numa história de novela, nesse momento, me chamaram avisando que a pretendente a comprar a loja, acabará de chegar… Corri para o banheiro, lavei o rosto, na tentativa de mostrar que não estava chorando que nem uma louca e desci para atende-la.

Mostrei toda a loja e a Fabi (nova dona), amou tudo e fechamos negocio. Simples assim!

Ou seja, exatamente no dia em que descobri que não poderia levar a Yasmin comigo, eu vendi a loja e desempatei o que poderia atrasar a nossa viagem ou até fazer desistir dela.

Foi então que começamos a procurar outro pais para iniciar a nossa jornada. De uma hora pra outra a Nova Zelândia, não fazia mais parte dos nossos planos, pelo menos inicialmente.

Pesquisando sobre o assunto, descobrimos que há uma forma de enviar os pets brasileiros para Nova Zelândia. Ela se baseia em o animal ficar por 6 meses em algum pais que a NZ aceita e depois realizar muitos procedimentos como vacinas, exames, implantação de microchip cadastrado ao orgão internacional e vários outros itens. E depois de tudo isso, o animal ainda fica de quarentena de no mínimo 30 dias, podendo chegar a 65 dias e os donos não podem ter contato com o animal. Clique Aqui e confira a matéria completa sobre o assunto.

Fala sério! Muito sofrimento para ela. E meu Deus! Que absurdo, ela não poder ver ou ficar a gente. E, haja dinheiro para bancar todos esse processo dela e o nosso de permanecer em outro pais por mais de 6 meses de forma legal, e de conseguir vistos, trabalhos e tals…

Depois de algumas semanas pesquisando e enviando diversas cotações para empresas que fazem esse tipo de transação (Envio de animais para outros paises), decidimos com muita dor no coração, deixa-la aqui no Brasil e ir para NZ, (e só de pensar e relembrar essa historia eu já começo a chorar de novo).

Outros itens, importantes, levaram a gente a tomar essa decisão também.
O primeiro foi o fato de ir para um pais estranho, mudar radicalmente a nossa rotina e ela ter algum problema com isso.
Também nos preocupamos com o que a imigração iria pensar de ver 2 jovens entrando no pais como turista, pela primeira vez, e com uma cachorrinha. O risco de ter o visto negado pela imigração é altíssimo (para quem não sabe, o visto é dado na chegada no pais, e corriamos o risco dele ser negado caso eles achassem que a nossa intenção é de permanecer no pais).
Outro item é o fato de ainda não falarmos muito bem o inglês.
E o pior deles é sujeitá-la a correr algum risco ou faze-la sofrer por alguma coisa, simplesmente, pela nossa falta de experiência.

Como agora é tudo muito novo para a gente, preferimos ir primeiro, focar em aprender inglês, e verificar melhor como funciona essa parte da quarentena (eu acho muito injusto o animal ficar longes dos seus donos por tantos dias) e depois ir pra um desses paises autorizados, e fazer todo esse procedimento, para que ela possa entrar, com a gente, em qualquer lugar do mundo.

Ela ficou no Brasil (com muitos nos na garganta) com a minha mãe, que além de ser a pessoa que eu mais confio no mundo, ela é apaixonada pela Yasmin. Acredito e oro todos os dias para que ela fique Bem, e pelo menos até agora, minha mãe confirmou que ela esta super bem…

Resolvi fazer esse post (que ficou gigante – Sorry) para dar dicas e avisa-los sobre esse “probleminha”, e também para explicar de uma forma simplificada, o motivo de eu ter vindo e ter deixado ela no Brasil.IMG_1058

Até hoje, achei pouquíssimos blogs ou reportagens falando sobre esse assunto. Então, espero ter ajudado e explicado para todos as pessoas que me perguntam sobre esse assunto que me entristece muito.

É claro, que agora, que já estou aqui na Nova Zelandia, vou aprofundar melhor sobre o assunto e vou mantendo vocês atualizados.

Enquanto isso, vamos focar nos nossos objetivos, mas de coração partido e cheio de saudades da nossa pequeninha…

Atualização: Saiu a parte 2 –  E temos novidades! Clique e veja aqui

40 comentários em “A Nova Zelandia “NÃO” aceita animais vindos do Brasil

  • 13 de agosto de 2015 em 18:09
    Permalink

    Oi Fernanda! Tudo joia?

    Também estive pesquisando a respeito dos procedimentos para levar cães para a Nova Zelândia, e além de todas as restrições citadas no seu texto, ainda vale dizer que as raças American Pit Bull Terrier, Dogo Argentino, Fila Brasileiro, Tosa Inu e Perro de Presa Canario são banidas do país e não podem, sob nenhuma circunstância, ser importados para terras Neozelandesas.

    Beijos!

    Resposta
    • 18 de agosto de 2015 em 02:01
      Permalink

      Oii Thais… Verdade flor! Otima observação =D… Thank you… bjs

      Resposta
  • 5 de setembro de 2015 em 18:25
    Permalink

    Oii gostaria de saber qual é o emprego de voces em NZ?! Eu e meu noivo estamos planejando em morar em Nz ano que vem…mas estamos preocupados com o trabalho, se vamos conseguir porque nao falamos muito bem o ingles.

    Resposta
    • 6 de setembro de 2015 em 05:58
      Permalink

      Olaa Elaine, chegamos na NZ a pouco mais de um mes e agora que começamos a ir atras de trabalho… ate entao estavamos turistando e conhecendo Auckland, e agora Christchurch. Sobre o ingles, o meu (Fernanda) é bem basico e do Léo já é bem melhor… então para turistar estamos se virando super bem. Já sobre empregos, viemos pra Chch justamente pra arrumar trabalho (qualquer trabalho, sem frescura) e conseguir visto de trabalho com mais facilidade. E estamos procurando trabalhos na area de cleaner(faxina) ou na construção. Na verdade são lugares onde não precisa ter um ingles bom para trabalhar e o salario é legal. Então depende um pouco da sua aerea e o que vc estara disposta a trabalhar quando chegar aqui. Assim que conseguir um emprego, vou postando aqui ou no youtube sobre esse assunto… E se vc tiver alguma coisa/assunto que gostaria de ver, me avisa que falaremos sobre isso. =D bjs e boa sorte

      Resposta
  • 20 de setembro de 2015 em 23:54
    Permalink

    Ah nem :(( fiquei triste agora!
    Eu e meu esposo estávamos pensando em morar em Nova Zelândia, mas depois do seu relato desanimei total!
    Tenho vários bichos e não suportaria ficar longe deles.

    Resposta
    • 28 de setembro de 2015 em 01:59
      Permalink

      Oii Gisely, sorry… nosso objetivo não é desanima-la, mas eu tbm fiquei super triste com essa noticia… E achei legal fazer um post sobre o assunto, pra não acontecer com outras pessoas a mesma coisa que aconteceu comigo. Hoje a gente morre de saudade da minha pequena… mas no meu caso, fiquei sem opção e tive que deixar ela no Brasil por um tempo, mas não vejo a hora de resolver isso… Pense direitinho e Boa sorte flor =D

      Resposta
  • 30 de outubro de 2015 em 11:46
    Permalink

    Meu Deus, que triste! 🙁 estou indo ficar 5 meses em Washington, porém estou com essa dificuldade, o valor é bem alto pra levá-la e já estou sofrendo só de pensar em deixá-la, vou ficar na casa de família, meu medo são os donos não gostarem de animais ou não permitir sua permanência, estou muito abalada!

    Resposta
    • 31 de outubro de 2015 em 00:29
      Permalink

      Oiii Camila, super triste mesmo. Nao vejo a hora de voltar pro Brasil so pra ver ela..
      No seu caso é legal vc ver antes direitinho, para nao chegar num pais com seu animalzinho e só descobrir la q as pessoas nao permitem animais em suas casas. Vou torcer pra vc achar uma solução! bjs e boa sorte

      Resposta
  • 6 de novembro de 2015 em 04:02
    Permalink

    Boa noite, vocês foram pra NZ com o visto “Working Holiday Visa”? Vocês estudaram os modos de imigração (os tipos de vistos)? Conheço o visto por estudante, o Working Holiday Visa e o visto por sponsor, mas gostaria de saber se existem outros tipos de vistos (ouvi falar que sim, mas não acho em nenhum lugar falando). Acho até que, se for do conhecimento de vocês, claro, seria um ótimo tema para um post.

    Resposta
    • 8 de novembro de 2015 em 21:44
      Permalink

      Ola Thiago, tudo bem?

      Viemos como turista e estamos tentando o Work Visa. Vc ja viu os outros videos do blog? (youtube.com/ToIndoViajar). Lá contamos sempre a nossa situação atual. Sobre esse tema de vistos, nos iremos fazer sim… mas ainda estavamos colhendo o maximo de informações possiveis para fazer um post bem completo.

      Enquanto isso voce conhece ver muitas informações direto no site da Imigração da NZ… Por lá é o lugar mais confiavel, mais atualizado e mais completo que nos conhecemos.

      Espero ter ajudado e continue acompanhando…

      Obrigada e ate mais!

      Resposta
  • 11 de maio de 2016 em 17:25
    Permalink

    Oi Fe, tudo bem? Sou a Marilia (Marrie) que segue vc no Youtube, Insta, snap…rs… Vim aqui no blog procurar umas informações de gastos que eu lembro que vcs já comentaram e acabei me deperando com este post dos pets… Fe, logo logo eu to indo pra NZ tmb, e esse assunto confesso que anda me deixando muito triste, porque eu também tenho meu cachorrinho, o Fredinho é criado como um filho, dorme comigo na minha cama, e cada vez que ele olha pra mim parece que ele sabe que algo está acontecendo… =/ Ele deve ficar com a minha sogra ou minha mãe, mas olha é um aperto no coração….Principalmente porque a gente não sabe ao certo a questão do transporte, da quarentena, como vc disse tem pouco conteúdo na internet falando do assunto e até agora não achei ninguém que tenha levado… Nesses meses que passaram, você conseguiu mais alguma informação por aí? Obrigada viu! Bjo!

    Resposta
    • 11 de maio de 2016 em 21:03
      Permalink

      Oiii flor, tudo bem?

      legal! rs

      pois é amor… acredito q esse seja o unico assunto que ainda me faz chorar e por enquanto estou sem muita soluação.

      Conversei esses dias com algumas pessoas que trouxeram seus filhos pets e descobri como foi todo o processo, e vou contar a historia delas num post para atualizar esse. Vou ver se consigo finalizar isso logo pra postar aqui… Aguarde q em breve estará no ar”

      obrigada vc por estar sempre acompanhando a gente e continue acompanhando hahah bjao

      Resposta
  • 12 de maio de 2016 em 14:01
    Permalink

    Bom dia pessoal, estou neste mesmo dilema e não estou disposto a deixar meu pulga aqui. Vamos lá: HÁ SOLUÇÃO !!! porém, contudo, todavia … não sei se será acessível a todos. Média de 15 mil dólares, isso mesmo, 15 mil dólares por Pet. Achei uma pessoa que mandou 3 pet´s por 16 mil dólares tudo. Vou detalhar o orçamento que recebi da MMCARGO LOGISTICS

    Estou fazendo outros orçamentos, via Chile, Argentina, etc. Mas, previamente o que tenho é isso. Ou seja, há solução, but …

    ” Boa tarde Joizer,

    Primeiramente seria necessário enviarmos o Thor para Los Angeles/LAX. Abaixo custos de São Paulo/GRU para Los Angeles/LAX:

    Air Freight GRU/LAX USD 1.237,00

    Live Animal Fee USD 100,00

    Storage Fee USD 15,00

    Air Waybill Fee USD 100,00

    Handling USD 100,00

    Customs Clearance USD 380,00

    Pick Up (São Paulo) USD 125,00 (If Need)

    Total USD 2.057,00 (*)

    Airline Co. Korean

    Frequency Dialy

    Transit Time 14 Hours

    GRU/LAX

    Acordo informação do nosso representante em Los Angeles/LAX, local onde o Thor ficaria. Seria necessário ele ficar 06 meses (180 dias) nos EUA, antes de seguir para a Nova Zelândia.

    In order for the Mixed Dog to qualify for entry into New Zealand, it must stay in the US for a minimum of 6 months 180 days. Our scope of pet relocation services are as follows:

    -Customs clearance services

    -Rabies vaccination/microchip/RNATT blood draw

    -Import permit application

    -Vaccination/parasite treatments

    -BELL blood tests

    -Six months boarding

    -Final vet exam/Vet certificate A/final parasite treatments

    -USDA endorsements/Vet certificate B/Crate sealing

    -Airfare LAX-AKL

    -Airline booking/documentation review/labeling/check in services at LAX/handling

    Total USD 15.095,00 “

    Resposta
    • 13 de maio de 2016 em 23:54
      Permalink

      Muuuuito legal todos os seus comentários! eu adorei muito. Muito obrigada mesmo! Te mandei um email 🙂

      Resposta
    • 23 de julho de 2016 em 00:23
      Permalink

      Joizer como vai?
      Você pode nos ajudar com informações sobre a dia para a nova zelandia com nossos cães? Estamos perdidos e não suportaria ficar sem eles! Obrigada

      Resposta
      • 23 de julho de 2016 em 02:00
        Permalink

        Tbm quero saber das novidades Joizer… compartilha com a gente 🙂

        Resposta
    • 10 de julho de 2017 em 19:12
      Permalink

      Joizer, boa tarde. E essa pessoa que mandou 3 pets por 16 mil US tudo? Vc tem mais informação? Tenho 6 gatos que são parte da família que não tenho coragem de deixar pra trás. Muito obrigado!

      Resposta
  • 12 de maio de 2016 em 21:10
    Permalink

    Acabei de receber outro orçamento de uma empresa especializada, localizada nos EUA chamada PET RELOCATION. Não se assustem com o valor no final … 22 mil dolares.

    Good afternoon Joizer,

    Thank you for reaching out and providing these details regarding your dog’s move.

    Unfortunately, this is a very difficult and complicated move to facilitate. Not only is Brazil an unapproved country, but most airlines will not accept bulldogs of any kind to travel. The only routing might be to go through the US, depart on Qantas, transit through Sydney, and then forward on to Auckland. Qantas could possibly be the only airline that will accept the breed.

    Thor will need to spend 6 months in the approved country in order to fulfill New Zealand’s import requirements. Attached is the guidance document that will outline the steps and procedures for importing him into New Zealand. We will manage this closely, create a customized timeline, and fulfill all requirements throughout the lead up process.

    It will be very difficult for me to provide you with an accurate estimate at this stage, but I can give you a very rough idea. A full move, including six months of boarding, transport to the approved country and then onwards to New Zealand, all vet work, and all import/export documentation, will likely start at the $22,000 USD mark.

    Let me know if this fits your needs and is something you would like to look into further.

    Thank you,

    Paul

    Resposta
  • 12 de maio de 2016 em 21:57
    Permalink

    Pessoal … talvez uma solução mais viável. Uma empresa brasileira, indicada por uma expert nos EUA.

    Segue o Site. Sede de Sp, Humberto é especializado em Austrália e Nova Zelândia. Quem sabe trarei boas news.

    Abraços

    http://airpetstranscontrol.com.br/contato/

    Resposta
    • 15 de junho de 2016 em 14:12
      Permalink

      Oii Joizer, tem novidades sobre esse contato? Conseguiu um preço melhor?

      Resposta
  • 13 de maio de 2016 em 16:06
    Permalink

    Este é o site oficial de transportadoras de Pet para qualquer lugar do mundo. Nele tem o FIND A PET SHIPPER e vc poderá encontrar lugares credenciados.

    https://www.ipata.org/

    Resposta
    • 17 de maio de 2016 em 19:19
      Permalink

      Joizer, muita obrigada por compartilhar essa informacoes de modo publico! nao sabes o quanto ajudaste!

      Resposta
      • 17 de maio de 2016 em 22:50
        Permalink

        Verdade Mirian 🙂 E aguarde que estou atualizando esse post com outras informações tbm

        Resposta
    • 8 de julho de 2016 em 15:51
      Permalink

      Oi Joizer, muito legal vc compartilhar com as outras pessoas essas fontes. Eu já venho pesquisando muito quase 1 ano, p/ levar meus Jacks conosco. Você afinal conseguiu levar seu Pet? Me passa seu e-mail p/ trocarmos uma figurinha, eu estou bem por dentro tbém, e se Deus quiser vou levá-los conosco, sem chance de deixá-los.
      Não sei se sabe mas as regras mudaram, então nossos Pets só precisam de 45 dias em outro país p/ se naturalizar, e não 6 meses.
      Uma empresa que eu super indico é a JetPets, ela é da AU, e tem pessoal na NZ tbém, sano credenciados pela IPATA. Segue site http://www.jetpets.co.nz
      Me manda um e-mail p/ conversarmos ferraz.joana@live.com
      Beijos!

      Resposta
      • 9 de julho de 2016 em 00:00
        Permalink

        Oii Joana! Super bacana a atitude dele né?

        Estou finalizando as minhas pesquisas e tbm estou analisando essa informação para atualizar esse post. Vou te mandar pra gente conversar melhor…

        Resposta
  • 17 de maio de 2016 em 02:00
    Permalink

    Nossa! Estava vendo tdo sobre, realmente e infelizmente ficou inviável p nós… Temos como filho meu dog Thor um shitzu… Não me vejo deixando ele. No tem como ver ai se nós tirarmos aqui uma carteirinha com a vacina eles não liberam?

    Resposta
    • 17 de maio de 2016 em 07:19
      Permalink

      É complicado mesmo. O unico jeito de vir é pagando e fazendo todo esse processo. Aqui e na Australia não tem jeito flor.

      Estou coletando informações para atualizar esse post… Em breve ele estará no ar e quem sabe te ajude a tomar uma decisão sobre isso.

      Já estamos torcendo pra vc da mesma forma como torcemos por mim! rs

      Resposta
  • 13 de junho de 2016 em 13:43
    Permalink

    Oi! Você sabe quais países são aceitos por esse trâmite de 6 meses em um país dos aceitos pela nz?

    Resposta
    • 14 de junho de 2016 em 05:57
      Permalink

      Olaa Clara, de acordo com informações que eu achei na internet são esses:

      Os países autorizados são: Alemanha, Antigua e Barbuda, Antilhas Holandesas, Aruba, Áustria, Argentina, Bahamas, Bélgica, Bermuda, Ilhas Virgens Britânicas, Brunei, Bulgária, Canadá, Ilhas Cayman, Chile, Chipre, Croácia, Coréia do Sul, Dinamarca, Emirados Árabes Unidos, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Grécia, Greenland, Guam, Hong Kong, Hungria, Ilhas Malvinas, Ilhas Maurício, Ilhas Virgens Americanas, Israel, Itália, Jamaica, Kuwait, Luxemburgo, Macau, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, Qatar, República Tcheca, Reunion, Sabah, Sarawak, Seychelles, St Kitts e Nevis, St Lucia, St Vincent Grenadin, Suíça, Trinidad e Tobago, Taiwan, Uruguai, Wallis e Futuna.

      Resposta
  • 13 de junho de 2016 em 13:45
    Permalink

    Ah..e se tem alguma especificidade a respeito de cachorros srd (vira-latas)?

    Resposta
    • 14 de junho de 2016 em 05:58
      Permalink

      Não encontrei nada sobre raça especifica. Acredito que não tenha problemas

      Resposta
    • 23 de junho de 2016 em 03:50
      Permalink

      Oii Claro… Achei uma informação em site oficial sobre a sua pergunta:

      As raças ou tipos de cães proibidos
      A Lei de Controle do cão 1996 proíbe a importação para a Nova Zelândia de qualquer cão que pertence inteiramente ou predominantemente a uma ou mais destas raças ou tipos de cães:
      raças proibidas:
      Fila brasileiro
      Dogo Argentino
      Tosa japonês
      Perro de Presa Canario.
      Tipo proibido:
      American Pit bull terrier
      híbridos
      Nenhum híbridos (filhos de cães ou gatos cruzadas com outras espécies) são elegíveis para a importação, com excepção dos gatos de Bengal.

      Site oficial: https://www.mpi.govt.nz/importing/live-animals/pets/steps-to-importing-cats-and-dogs/

      Resposta
  • 29 de junho de 2016 em 20:41
    Permalink

    Oi Fernanda!!!

    Você sabe se este procedimento e estas restrições também se aplicam a gatos????

    Como fazer para levar felinos do Br pra NZ, vc sabe??

    Obrigada desde já!

    Beijos!

    Resposta
    • 30 de junho de 2016 em 01:41
      Permalink

      Ola Isabela, tudo bem?

      As regras são as mesmas pra cachorros e gatinhos 🙂

      Resposta
      • 21 de julho de 2016 em 12:52
        Permalink

        Fernanda se não for lhe atrapalhar, você poderia nos passar seu facebook ou WhatsApp por favor?
        Eu e meu marido iremos morar na Nova Zelandia e gostaríamos de algumas dicas se fosse possível. Temos dois malteses mas não tenho com quem deixá-los é um deles é extremamente apegado a mim… Iremos levá-los conosco!
        Aproveito também aqui para pedir os contatos do Joizer! Joizer, me ajudeeee! Rs
        Beijos no coração de vcs e obrigada por compartilharem

        Resposta
        • 23 de julho de 2016 em 02:00
          Permalink

          Oii Luciana… magina!

          Me manda uma mensagem pelo facebook.com/toindoviajar. A gente pode conversar por lá!

          Sei bem o q é isso… me chama que a gente conversa! bjs

          Resposta
  • 22 de agosto de 2016 em 19:09
    Permalink

    Pessoal, alguma noticia atualizada sobre esse assunto? Eu e meu parceiro estávamos decididos a ir morar na NZ, mas esse ponto de ser muito difícil levar bichinho de estimação nos desanimou muito e pode até parar nosso sonho. Muita pouca informação a respeito do tema na internet. Se puderem continuar indicando pessoas especializadas em levar os bichinhos para NZ, vou agradecer muito. Bjs

    Resposta

Curtiu, tem dúvidas ou sugestões? Ficaremos felizes com o seu comentário: